quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Pit Bull ataca crianca

Uma criança que brincava numa quadra de esportes foi atacada no pescoço por um cão da raça Pit Bull, que poderia matar o garoto não fosse à intervenção de populares.
Mesmo com a ajuda de terceiros, a vítima ainda foi parar no pronto socorro com vários ferimentos no pescoço, onde esse tipo de cachorro costuma abocanhar suas presas.
A ocorrência deixou a comunidade revoltada com o proprietário do canino que deixa o animal feroz escapar de vez em quando. O proprietário deve responder judicialmente por criar o Pit Bull em local inseguro.
Além disso, deverá custear as despesas do tratamento do garoto, que nasceu novamente após escapar do ataque do animal de grande porte.
O episódio lamentável foi registrado no bairro Triangulo, na cidade de Tarauacá, entretanto, serve de alerta para os criadores de cães ferozes de todo o estado, uma vez que esse tipo de animal deve ser mantido em local seguro para não morder pessoas inocentes.
Pit Bull é um termo genérico que se refere a um conjunto de raças decães, incluindo (mas não se limitando) ao American Pit Bull Terrier, oAmerican Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, e os cruzamentos entre essas raças. Costuma-se usar o termo Pit Bull para designar a raça American Pit Bull Terrier, não confundindo com a raça English Bull Terrier .
O Pit Bull foi banido em alguns países como o Canadá. Na Inglaterra sua criação é autorizada apenas pela justiça. Nos Estados Unidos, baniram a criação em vários estados com muitos outros empregando pesadas restrições na posse do animal. No Brasil, não há legislação específica, porém a cada fatalidade reportada na mídia, inflama o debate na sociedade por leis mais rígidas e punição aos donos.
Sena Agora

Alex Lima - Contatos: noticiaefatos@gmail.com
Twitter:@noticiaefatos
Cel: 9977-6454/9234-0590/8422-8857
 

MSN: noticiaefatos@gmail.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário